Bem Vindo
Leitura

"CIDADES DE PAPEL"

"CIDADES DE PAPEL"

11/07/2017 14h44
Por: Redação
69
Imagem: Banco de dados do Google
Imagem: Banco de dados do Google

Por: Amélia Rodrigues

 

 

Romance e investigação se unem neste best-seller de John Green

 

A história é narrada por Quentin Jacobsen, um jovem de 17 anos, apaixonado desde a infância por sua vizinha e colega de escola, Margo Roth Spiegelman, uma deusa inalcançável. Quentin leva uma vida normal até a noite em que Margo surge em sua janela convidando-o para uma noite de aventuras e vinganças. No entanto, a garota desaparece misteriosamente no dia seguinte. Após encontrar uma pista deixada claramente para ele, Quentin decide que irá encontrar Margo, custe o que custar. 

 

“Ela amava tanto mistérios que se tornou um.” (Cidades de Papel)

 

Muito mais que uma história de paixão adolescente, Cidades de papel é um livro de investigação, não apenas do paradeiro de Margo, mas de si mesmo. Os personagens estão na fase de se descobrir, de arriscar, de encontrar um sentido para suas vidas e, como a própria Margo ensina “você precisa se perder antes de se encontrar”.

 

“Todas aquelas pessoas de papel vivendo suas vidas em casas de papel, queimando o futuro para se manterem aquecidas. Todas as crianças de papel bebendo a cerveja que algum vagabundo comprou para elas na loja de papel da esquina. Todos idiotizados com a obsessão por possuir coisas. Todas as coisas finas e frágeis como papel.” (Cidades de papel)

 

Uma das peculiaridades dos romances de John Green é que o final nunca é como o esperado. O autor muda o rumo da história e, embora alguns não gostem da vista à que o caminho leva, essas reviravoltas aproximam a ficção da realidade, onde nada pode ser previsto.

 

“A cidade era de papel, mas as memórias não.” (Cidades de Papel)

Resenha do livro por Tatiany Leite

 

O best-seller ganhou uma adaptação para o cinema de mesmo nome, Cidades de papel, lançada em 2015, dirigido por Jake Schreier e estrelado por Cara Delevingne e Nat Wolff.

Trailer dublado de Cidades de Papel

 

Sobre o autor

 

 

John Green, autor premiado e best-seller do The New York Times, é formado em língua inglesa e estudos religiosos pelo Kenyon College, em Ohio. Nasceu em 1977 em Indiana, onde vive com a mulher e o filho, e ao longo dos anos morou em Nova York, Illinois, Michigan, Flórida e Alabama. Atuou como redator na National Public Radio em Chicaco, foi editor assistente e de produção da revista de resenhas literárias Booklist e assinou críticas de livros para o The New York Times. Personalidade ativa na internet, além do próprio blog, do Twitter e do canal do YouTube Vlogbrothers, John coapresenta os vídeos do projeto "Crash Courses": canal on-line com aulas gratuitas de história e biologia.

 

É autor de A culpa é das estrelas, O teorema Katherine, Will & Will, Deixe a neve cair, Cidades de papel, Quem é você, Alasca? e lançará, em outubro deste ano, seu novo romance Turtles all the way down, ainda sem título em português.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
São Paulo - SP
Atualizado às 14h13
26°
Nevoa seca Máxima: 25° - Mínima: 18°
27°

Sensação

7 km/h

Vento

65%

Umidade

Fonte: Climatempo
Ayumi
Bobs
Editais
Municípios
Expediente
Últimas notícias
Editais
Mais lidas
Expediente
Editais